terça-feira, 16 de novembro de 2010

O cansaço


Olha, queria dizer m milhão de  coisas boas, pra chutar para longe toda a chatisse e o aborrecimento das pessoas.
Mas não consigo, não tenho poder sobre  as dúvidas e tudo aquio de bom e ruim que tenho pelo caminho hoje, para mim mesma.

Mas tenho algumas coisas que me incomodam.

Um, como as palavras são interpretadas hoje em dia.Como palavras de um significado só.
Uma  limitação que não sugere pensamento.Muito menos campos de ação.
Se você pensar um minuto, vai saber quais são, e quem sabe, descobrir outras, que assim como a palavra julgar, são sempre entendidos como avaliar negativamente deixando a palavra manca , rigida e desprovida de seu mais importante  significado.

Dois, o orgulho, que entrava a visão da mais brilhante das pessoas, a sua, a minha, podendo transformar uma pessoa  num monstro capaz de destruir Tóquio...Tamanha a dor que ele causa quando tocado.

Três, a falta de uso da verdade. A mentira tem ganho, e é util a todos.
A verdade, esta está virando desconforto, e sendo combatida em muitas áreas importantes das vidas das pessoas.Com a verdade vem a responsabilidade, e parece que muitos preferem não tê-la.
Ainda bem que não a todas.Tem muita gente capaz de dizer o que sente, conhecer suas fraquezas, seus limites,sem ter medo.



Então, fico a pensar que o medo, gerado  pelo poder de rótulo das palavras de um sentido só,aguça  a dor do ego das pessoas e a necessidade de estar certo e ser bacana, fazendo com que mintam, até quase o ponto de nem saberem mais quem são.(ai, enlouqueceu e não sabe essa que vos escreve)

Então, descubro que o que eu mais quero, e ando querendo consistentemente, é poder dar um colinho a todos os doloridos, seja lá pelo quê for, que no fundo, me mostra que quem mais deseja um colo, nesse planeta em que vivo, sou eu mesma.

Preciso de férias...
Ps:Meu maravilhoso ursistico artistico marido criou um Blog,(que está em inglês, por enquanto, logo ele bota tradutor,nego chique), com dicas de fotografia de casamento e  foto em geral.

http://www.viniciusvalle.com/blog/





 

10 comentários:

Paulo Braccini disse...

Pois então querida amiga ... fostes fundo na ferida de todos nós ... verdades mancas, mentiras q se tornam verdades, discursos vazios, falsos valores, carência coletiva ... enfim ... eu tb quero colo. Um colo silencioso só de toques e aconchego ...

Visitando o Blog do Nego Chique ...

bjux

;-)

disse...

falou tudo... a dor no ego acho que é a pior das dores... é uma daquelas dores que a gente nao consegue exteriorizar de forma verdadeira, porq néam... afinal ninguém quer afirmar que o ego dói e como dói.

bjoka e boa semana!!!

Lobo disse...

Orgulho... eu tenho medo dele. Das pessoas que o ostentam em pedestais lustrado de ouro. Muita gente vê necessidade em ter orgulho. E vejo a humildade como muito mais do que isso. Já vi muita gente cair por causa dele, e nunca mais levantar.

Orgulho pra que?

Um beijo Pimenta!

O Antagonista disse...

Gostei do texto, concordo com ele... principalmente, no que se refere às férias. Eu também tô precisando das minhas, urgenteeeee!!!!!!!!!!!!

Valeu.

Sylvio de Alencar. disse...

Depois darei uma olhadinha no blog do seu urso.


Hoje me peguei chateado... Descobri que não por causa de mim.
tomarei, já tomei atitude: não me deixar 'influenciar'. ponto.
eu sou eu: um cara legal. Ponto. Farei o qtenho que fazer, e, antes de nmais nada, serei eu; do jeito que sou: inteligente, afável, humano. ponto.

Abrçs!

Lobo disse...

Pimenta!

Morcegos?! Bom, minha área tá mais pra biologia marinha, mas no que eu puder ajudar, estamos ai hahaha

Um beijo!

TJ ® disse...

Boa tarde.

Pimenta,

agradeço - mentalmente - e muito aos seus comentários. Acho que você sabe como é legal uma terceira opinião, acompanhante das nossas duplas-carreiras/personalidades. Mas hoje vim retribuir o carinho.

Não que o blog seja um investimento para mim, mas leva um pouco do nosso tempo, com certeza. Principalmente, o layout.

Desculpe a demora para comentar aqui. Ótimo texto. É estranho saber que as verdades diminuam ou sejam esquecidas, enquanto cresce o número de redes sociais, o que deveria representar uma maior interação/discussão entre as pessoas.

Pimenta, desculpe a indelicadeza, mas gostaria de saber se em Honk Kong, as plataformas WordPress/Blogger funcionam normalmente ou se tem que fazer mágica para acessar. Sei que na China é assim, mas não sei em Honk Kong. É só uma curiosidade. Ah, gostaria de saber se posso contar com sua opinião caso um dia, eu venha a escrever sobre a imagem do Brasil no exterior.

Obrigado por trazer a cultura daí para cá.

Eu acessei os blogs do seu marido. Grandes fotos e uma marca d'água discreta. Parabenize-o por mim. Tô na correria, não deu para comentar por lá.

Meus votos de felicidade a vocês. Feliz 2011 adiantado.

Keep blogging.
Mais sucesso.
TJ do loucosporvirtude | @loucos_virtude

Três Egos disse...

Sabe que esta interpretação de palavras foi discutida esta semana entre eu e meu psiquiatra. Sim, talvez eu seja louco... rs. Ou, na verdade, eu também precise de férias!

Beijo!

Eu disse...

Algo que me incomada bastante nestes tempos modernos é, também, a mania que as pessoas tem de ficarem lendo entre as entrelinhas, como se tudo o que saí de nossas bocas fossem indiretas.

Creio que as pessoas que fazem isso não costumam olhar o diconário com uma certa frequência e falam palavras sem saberem os seus reais significados e, por isso, atribuem outros significados ao que falamos. Se podemos falar de uma forma direta e clara, pra quê ficar usando metáforas?

É por isso que a Torre de Babel não chegou até o céu.

disse...

Ai eu tb quero Loccitane!
Super aprovada! kkkkkkkkkkkkk

Bjo e boa semana!
@Revca

NeoCounter