quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Essa psicóloga do Parada já ganhou uma fã.Válido a todos,incluindo assexuados!


















Sonharás uns amores de romance, quase impossíveis.
Digo-lhe que faz mal, que é melhor contentar-se com a realidade;
se ela não é brilhante como os sonhos, tem pelo menos a vantagem de existir.

- Machado de Assis




http://paradalesbica.com.br/2010/09/amores-impossiveis/http://paradalesbica.com.br/2010/09/amores-impossiveis/

Do meu marido, by mail.




O filho chega em casa, tarde da noite, e encontra o pai na sala com um robô ao lado.

- O que é isso, pai?

- É um robô. Detetor de mentiras...

 E o pai pergunta:

- Onde você estava?

O filho responde:

- Errr.. na Faculdade. Fiquei até tarde fazendo um  trabalho...

O robô vai para trás do moleque e POOOF, mete-lhe um tapão na cabeça.

- Que droga é essa, pai? Pô!

- É um robô detector de mentiras. Agora me conte a verdade.

- Ééééé... olha, pai, tive uns problemas com minha namorada, por isso  cheguei tarde.

O robô levanta a mão e POOOOFFFF, na cabeça do rapaz.

- Tudo bem, tudo bem, eu estava na casa dela.

- Fazendo o quê?

O moleque meio desconfiado com o robô, responde:

- Ééééé..., bem..., assistindo um filminho!

O robô, novamente: POOOOFFFF na cabeça do moleque.

- Tá bom, tá bom, era um filme pornô e depois disso transamos a noite  toda,   putz, que saco!

O pai, indignado com o filho, diz:

- Que vergonha, filho! Isso não é a educação que eu te dei! Eu nunca na minha vida menti pro meu pai.

O robô vai para traz do pai e POOOOOOOOFFFFFFFFF na cabeça dele...

A mãe, vendo tudo da cozinha, vai até a sala e grita:

- Tá vendo?!?! SÓ PODIA SER SEU FILHO

E o robô: POOOOOOOOOFFFFFFFFFF na cabeça da mãe...

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Fumantes(ou menos prazeiroso, ex-fumantes)

Caraca, vou lhe dizer:
São nove e meia da matina e eu já estou com a minha caminhada de dois quilômetros subindo lomba feita.
Alguma Suspeita do porque dessa loucura?
ÓOOOObvio que não, que gente linda e saudável não precisa disso.
Parei de fumar, por causa de um acidente pulmonístico, e toda vez que eu caminho, tusso toneladas de porcaria marrom  do meu pulmão preto.
V-e-r-d-a-d-e!

Pare de fumar enquanto é tempo, ou espere que uma doença te pare.Eu optei pela segunda e olha só!
Dois Km e meio de lomba meu irmão...Pra poder cuspir poá!

Vai encarar?
bjo




domingo, 19 de setembro de 2010

sábado, 18 de setembro de 2010

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Só para registro...























Sonhei com uma data, o que será?
18/10.Weird...
Lá eu descubro.

sábado, 11 de setembro de 2010

 Ganhei do Três Egos.
Vai lá, se ainda não conhece os meninos ...
Tinha que fazer alguma coisa com o selo, mas não lembro o quê...



























I have not failed 700 times. I have not failed once. I have succeeded in proving that those 700 ways will not work. When I have eliminated the ways that will not work, I will find the way that will work.”
-Thomas Edison, Inventor

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Maternidade moderna.
















http://www.grupocria.com.br/index.php/ajude-a-divulgar

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Eu creio nisso. Mesmo.


 Sempre me intrigou a incapacidade das pessoas de sentir alegria pelo sucesso dos outros.
Muitas vezes enquanto eu ria de contentamento por alguma coisa legal que alguém conquistou, me dava conta de que estava sozinha no sentimento de satisfação, chegando a ser olhada feio(alias,  Et e Louca, meus segundos nomes, conforme certas cabeças  )...

Até eu encontrar isso, que alguém escreveu.
E se baseia no amor próprio.E isso eu acredito ser verdade.



  O invejoso é capaz de se vestir de solidariedade quando vê o sofrimento;
afinal, para ele, o ser solidário na dor é uma virtude de afirmação sua.
 

No entanto, se alegrar com os que se alegram é uma afirmação feliz
acerca da bondade de Deus sobre um outro. 

E disso somente os que não têm inveja no coração são capazes.Assim, conforme se vê, a inveja é
uma merda, e sábio é todo aquele que de seu próprio coração varre toda
inveja para sempre. 

Mas para que isto aconteça é preciso que a pessoa
aprenda a se alegrar em ser quem é, pois, somente assim ela não terá
inveja da felicidade de ninguém.

Caio Fábio

NeoCounter