sexta-feira, 30 de julho de 2010

Meu coração?Quebrado,de novo.

"The truth is that gossip is as good as gospel in this town. You can save face but you won’t ever save your soul."

(To me, if you don't have a soul,do not make sense have a face at all ...)

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Desculpa a baixaria,mas não aguentei...

Quando eu resolver pirar de vez, vou fazer igualzinha, lá na delegacia, rsrsrsr


terça-feira, 27 de julho de 2010

By mail.Este mostra a Incrível mobilidade da mente humana, a nossa capacidade de conectar assuntos e fatos, mesmos que distantes no tempo,e no espaço...


No dia 20 de julho de 1969, Neil Armstrong, comandante do módulo lunar Apolo 11, se converteu no primeiro ser humano que pisou na Lua.

Suas primeiras palavras ao pisar no nosso satélite foram: "Este é um pequeno passo para o ser humano, mas um salto gigantesco para a humanidade".

Estas palavras foram transmitidas para a Terra e ouvidas por milhares de pessoas.
Justamente antes de voltar à nave, Armstrong fez um comentário enigmático: "Boa Sorte, Sr.Gorsky."

Muita gente na NASA pensou que foi um comentário sobre algum astronauta soviético. No entanto, depois de checado, verificaram que não havia nenhum Gorsky no programa espacial russo ou americano.
Através dos anos, muita gente perguntou-lhe sobre o significado daquela frase sobre Gorsky, e ele sempre respondia com um sorriso.

Em 5 de julho de 1995, Armstrong se encontrava na Baia de Tampa, respondendo perguntas depois de uma conferência, quando um repórter lembrou-lhe sobre a frase que ele havia pronunciado 26 anos atrás.
Desta vez, finalmente Armstrong aceitou responder.
O Sr.Gorsky havia morrido e agora Armstrong sentia que podia esclarecer a dúvida.

É o seguinte:
Em 1938, sendo ainda criança em uma pequena cidade do meio oeste americano, Neil estava jogando baseball com um amigo no pátio da sua casa. A bola voou longe e foi parar no jardim ao lado, perto de uma janela da casa vizinha. Seus vizinhos eram a senhora e o senhor Gorsky.
Quando Neil agachou-se para pegar a bola, escutou que a senhora Gorsky gritava para o senhor Gorsky:

- "O quê??? sexo anal? Você quer sexo anal?. Sabe quando você vai comer a minha bunda? Só no dia que o homem caminhar na lua!".

Por isto, o astronauta  Armstrong mandou o recado direto da Lua: "boa sorte, Sr. Gorski"

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Por Elisa.

Eu não gosto de crimes.
Mas esse, eu não posso ignorar, pois me dói.
Dói mais do que os buracos entre minhas costelas.(e olha que eles sabem doer)
Doi, porque eu nem conheci essa moça que morreu,mas conheci muitas outras, que não foram ao extremo da morte,mas que foram diminuidas, expostas e declaradas culpadas por terem sido agredidas, enxovalhadas e avacalhadas por terceiros.
Podia ser você.Podia ser a sua filha.
Entre as  pessoas envolvidas,não houve uma,  capaz de evitar o horror,a violência e a morte.
E hoje, as pessoas normais já mudaram seu foco,estão com pena da Ciça Guimarães.
Para ela,  dão o seu apoio no twiter, no facebook.
E para a linda Elisa Samudio?Quem?
Ou você vai dizer que era só mais uma Maria chuteira, que queria dar o golpe da barriga?
Ou não dói porque ela fez filme pornô???
Será que só eu que gosto deste tipo de filme?

Nem sei mais o que dizer, Não tenho palavras. É a covardia, irmã da violência, prima do silêncio, mãe da impotência, que me deixa assim, muda.

http://www.petitiononline.com/mulher8/

Meu sonho de consumo...

ffffound


YeS!

terça-feira, 20 de julho de 2010

Importante, a questão não é a falta de pilotos, lembrem, é mercado...

http://www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/6595


Repassando.

Repassem também, por favor, pois a quadrilha de canalhas encastelada no Congresso - não satisfeita com os problemas crônicos da aviação brasileira (em sua maioria fruto da própria inépcia, negligência, corrupção e safadeza da dita quadrilha) - agora quer também terminar de aviltar o mercado de trabalho do aeronauta brasileiro, liberando-o totalmente, por até cinco anos, para tripulantes estrangeiros, sem contrapartida alguma em nosso benefício, quando se sabe muito bem que - desde sempre - os melhores mercados de trabalho em aviação do planeta (América do Norte, União Européia, Austrália, Nova Zelândia etc etc) têm sido fortemente protegidos por suas legislações trabalhistas e de imigração. Era o que nos faltava, a esta altura do campeonato, deputadozinhos baixo-clero, provavelmente a soldo de empresas aéreas de 5a. categoria, se prestarem para esse instrumento de degradação da segurança operacional, arrocho salarial e de condições de trabalho. Canalhas, escória da pior espécie. E nem ficam vermelhos, no ato de propor tamanha canalhice.

O link para assinatura do abaixo-assinado é:

http://www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/6595

domingo, 18 de julho de 2010

O óbvio bem explicado.

O óbvio na versão americana.Se você prestar atenção, reconhecerá as outras formas, as outras versões do mesmo preconceito, do mesmo racismo, que domina a humanidade,e nos convence de que os maiores absurdos tem fundamentos dignos.

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Voltando...

"O Brasil ficou entre os 8 melhores do mundo no futebol e ficou triste. Mas é o 85º em educação e não há tristeza."

(Senador Cristovam Buarque) 



Dignissimos,
Após duas semanas fora do ar, volto para contar o que aconteceu.
Devido as minhas profundas filosofias, meu habito de fumar, e meu auto controle quase psicotico,quase morri, dia 3 de julho de 20010.
Meu pulmão esquerdo rompeu-se,sem mais nem menos,enchendo minha cavidade toráxica de ar.
O ar, acumulado, comprimiu o pulmão furado,esmagando-o, e começou a empurar o coração para o lado direito do peito.
E eu, sentindo que a coisa tava feia para meu lado, decidi calmamente voltar camihando para casa,ajeitar as crianças e depois, ir a um hospital.
Estava tão calma, apesar de não respirar direito( eu sei que tenho dois pulmões, e,se um estava danificado, contei com o outro,mas não havia previsto o movimento do coração, esse safado, que ia me sacanear de verdade)que me dei ao luxo de esperar o movimento baixar, as criancas tomarem banho,para tomar o rumo.
Na verdade, a emergência só começou quando cheguei no hospital,pois até ai, nem meu marido entendeu que estava acontecendo algo serio,devido a minha calma.E a minha calma ajudou com que eu chegasse viva no hospital,antes do colapso cardio circulatorio,mas fez com que eu corresse o risco de não chegar a tempo...A tal faca de dois legumes,na mão de uma ninja cega e louca...
Bom, explicado.
Não conto tudo, pois suspeito que morrer teria sido menos sofrido do que o tratamento, eu passei por ele, sobrevivi, e enquanto tiver a preciosa chance de estar neste mundo, quero mais é me ater ao que é bom, divertido e gostoso,como trepar,vadiar, e ler os blogs de vocês, meus queridos...
bjos

NeoCounter