segunda-feira, 7 de junho de 2010

Idade, sexo e tabu.

Digníssimos!
Acredito que as nehum dos 25   que visitam o picadeiro aqui precisem de conselhos nessa área,mas,se estiverem interessados em pesquisar as maravilhas curativas do sexo, começem suas observações nos quesitos citados no texto.
O que proponho é, combinar com o parceiro, por exemplo, quando der uma dor de cabeça,fazer um sexozinho(de inicio, e dependendo da gravidade da dor, é mais fácil usar estilo necrófilo hahaha,onde um trabalha, e o dorido só relaxa, entende?)
Segue o delirio em texto, requentado de nem sei quando.




















Com a idade, conhecemo-nos melhor.Adaptamos nosso foco na vida, ás condições vigentes, e descobrimos muito mais sobre a sexualidade e seus mecanismos de prazer.
Descobrimos que a sexualidade, baseada no forte apelo visual,tem dias contados na vida.Pois a beleza plástica, se perde,no conceito usado hoje em dia...Se você curte olhar umas fotinhas sadomasô, por exemplo,melhor largar a imagem e pegar o chicotinho e as amarras mesmo, entende?
Então, passa-se a sentir mais,a obter do tato e do contato mais  do que da visão.E é bom demais, não sei se pela idade, ou a mudança no foco de atenção,ou ambos.
Percebe-se que sexo cura dor de cabeça, tensão,dores de coluna,melhora a garganta inflamada,e propicia um sono melhor.
Fora a prisão de ventre,que nem vou me extender,mas é a unica cura.
Meu marido e eu estamos pensando em nos doar á ciência,para que nossos experimentos sejam comprovados cientificamente.(Vou adorar a platéia toda de branco).
Esqueçam a farsa de gozar toda a vez, sem esforço.Não existe isso!Não deu na hora da metida? Siririca,punhetinha!Mais beijinhos, uma mãozinha,uma ajudinha, não é crime, e não significa que o desempenho não foi bom.Descubra-se, você está na cama com alguém que também tem que ser descoberto.
Outra impressionante descoberta,mostra que, a qualidade e a duração do sexo está diretamente relacionada a quantidade de carinho , beijinhos  e favores que o parceiro recebe depois do sexo satisfatório(ou espetacular,rsrsrs),nos dias subsequentes.
Preste atenção no ânimo do seu parceiro, no nível de energia dele, e você vai saber se o sexo está satisfatório ou não.Você não precisa que te digam se foi bom .
Dá para ver pela disposição no dia seguinte...(claro, respeitando as caracteristicas pessoais do indivíduo,não vá esperar que ele fique rindo sozinho, ou dançando pela sala,mas, quem sabe, um cafezinho inesperado, um olhar mais longo, um abraço de surpresa...)
Pesquise(muito) e me conte,rsrrsrsr.
Depois de alguma pesquisa, você começa a perceber que o sexo, que as mídias promovem,que as bocas comentam está sob o manto do tabu  mesmo.
E que sexo, na verdade, é medicina!E como toda medicina,quando mal administrada, tem efeitos colaterais.

Boas fodas!

fotos do FFFFound!

6 comentários:

Lobo Cinzento disse...

Reza a lenda que sexo cura até câncer...

Paulo Braccini disse...

Uma aula ... mais que perfeito ... já sigo esta cartilha de há muito ...

Penso que isto é fruto da maturidade ... ou não?

bjux [estava morrendo de saudades ...]

;-)

Serginho Tavares disse...

mas este assunto a gente tem sempre o que aprender...
adorei

beijos

e adorei aqui também!

já seguindo...

Ju disse...

prisão de ventre? hum! Dessa não sabia! rsrs

Tão querendo fazer o dia do sexo, né?
ui! rsrs

Desbaguncando disse...

ía escrever aqui que fiquei feliz de ter gostado do texto e repassá-lo e leio seu texto.

acho que se aprendessemos isso aos 20 anos...não teria graça...aí que tá a delícia...cada etapa da vida...tem um gosto diferente...um sabor...

abaixo a hipocrisia!

excelente texto

ps: já melhorei da coluna com essa medicina aí...:P

Santinha disse...

o frenesi que muita gente acha que existe é td. lenda - O sexo é sempre bom quando estamos em sintonia com nosso parceiro, quando não há cartilhas, nem obrigação... E fazer favorr, fafavô nénão?!
dorei o post
bjus

NeoCounter