domingo, 30 de agosto de 2009

Enchinada

Digníssimos!
Sei que este blog está ás moscas, e vou contar porquê.
Apesar de ter viajado muito tranquilamente, a velhice exige certos cuidados, que lóóógico, não foram observados,e eu sentindo-me novinha da silva abusei da minha pobre espinha absolutamente torta, e fiquei uma semana urrando de dor no lombo abusado.
Abusado no mau sentido,que de tão dura que fiquei, meu pobre marido teve que atuar de necrófilo, coitado..(nem morrendo eu deixo de transar)
Bom, então,aqui a coisa vai sendo divertida.Sem dizer duas palavras em chinês,(só o ni hau= oi) dá pra imaginar o mimiquês correndo solto,e o mais hilário é que, quando andamos na rua, todo mundo gargalha,ou no mínimo rí.
Pra focar o quadro, um dia uma senhora disse ao meu marido que já havia visto homem com cabelo na cabeça e sem cabelo no queixo, mas, com cabelo no queixo e sem na cabeça, nunca!
Imagina o povo vendo um personagem que caiu de um livro de historia de bruxa inglês!Com tatuagem de morcego nas costas?Eles não aguentam!
Os que não riem é porque não conseguem fechar a boca.
Então, é isso, nem foto eu tirei,por pura preguiça e desmantêlo.
Volto em breve, com um texto maneiro que diz muito, que surrupiei do SAPATARIA,só estou esperando a resposta delas!
bjo!

Um comentário:

Anelise Molina disse...

Oi! Linka aí! o teu já está na minha lista! Abraços!

NeoCounter