sexta-feira, 12 de junho de 2009

palavras

Eu acredito na força da palavra.Ela tem poder.Escrita ou falada,materializa as coisas que dissemos.Pra bom ou ruim.Foi o que me aconteceu.Eu nunca falo, ou escrevo, no caso, sobre um problema antes de ele vir.Mas desta vez eu fiz isso. E ele veio.Terei dois meses pra decidir o que fazer,ou não fazer.
Vamos ver o que acontece,né,pra não piorar a situação.Até porque ter que sair do país uma vez por semana é fácil, e assim, eu continuo mantendo os blogs.
O governo chinês também acredita, por isso, censura.
Vou ter que deixar meus livros,principalmente do Falum Dafa,proibidos lá,(é eu leio coisas proibidas,rs)ou corro o risco de virar doadora involuntária de orgãos, segundo comenta-se por aqui...
Leia sobre o assunto, aqui,e aqui. Em inglês,desculpe.
Vamos ver no que dá, pois vai ser minha chance de andar pela China, de verdade.Espero ter os dois anos pra começar a arranhar o chinês,rsrsrs.
Desse trocadilho meu marido não vai gostar,rsrs



Um comentário:

Mariposo-L disse...

eu vi uma reportagem sobre essas "doações" de órgãos então, aqui foi mostrado como condenados, porém não ficou muito claro em que condições eles são "condenados", se quando precisa-se de um orgão ou quando comete alguma coisa contra a lei ... is the question :)

bjs

Arquivo do blog

NeoCounter