terça-feira, 24 de março de 2009

Gente


Minha persona, que até a pouco não usava de rotular as pessoas,resolveu agora faze-lo,criando categorias claras para os tipos de pessoas, e decidindo assim quem é gente de bem, quem não é, e quem é gente de bem mas não passará nunca de conhecidos,quem é gente do mal, porém imprescindível e por aí vai.
Mas puxa, dá tanto trabalho!
Tem que fazer a "ficha do condenado", e depois lembrar dela!
Eu, que esqueço até meu endereço, não estou muito convicta de que eu vá conseguir formar minha prateleira de pessoas rotuladas...
E quanto á esquecer as coisas, putz, nem sei se é por isso que sucedeu-se o seguinte:
Uma pessoa,não classificada, pois isso de dar o rótulo começa hoje, me ligou e pediu um treco que eu possuo emprestado.
Tentei combinar um lugar para entregar, mas o vivente foi categórico,viria aqui na minha casa(Santuário bagunçado e exclusivo que chamamos de lar,feito da zona que gostamos de fazer ,das porqueiras que gostamos de comer, dos assuntos e coisas que mais gostamos,enfim, o lar de 4 cabeças completamente diferentes que chamamos comummente de familia).
Tuudo bem, dei o end, mas errei o numero da torre!
Lá pelas tantas, toca meu fone,eu atendo, e a pessoa diz que está aqui em baixo, mas não tem ninguém com esse nome morando no apê tal, da torre tal!E eu já rindo ainda chamei a pessoa de gagá, mas a gagá era a mesma de sempre, eu!
Tudo normal, a pessoa só andou pra outra porta e entra, pega a coisa, mas esqueçe uma parte.Quando ví o esquecido, liguei, e o vivente nem atendeu.Tudo bem, tentei de novo,não consegui, então deixei recado.Nem respondeu!Depois encontrei um parente, expliquei que faltou uma coisa, nem assim.
Então, aonde eu classifico?Só espero que minha posse retorne a mim um dia...
Se não, sei direitinho qual rótulo colocar.
Mais ou menos o mesmo de outra pessoa que me pediu umas coisas, emprestei, mas tive que levar na casa dela, pois não tinha empregada para ficar com as crias (pobrezinha!) ,e depois de usar,e economizar uma grana e espaço na casa dela, me liga, para perguntar quando eu ia buscar os meus "bagulhos" que estavam na porta da casa dela, (que no momento já tinha empregada) sem duvida enchendo o saco!
Coisa linda né?Prefiro meu rótulo de cabeça de vento ou louca,que as pessoas cospem na maior naturalidade.
Por isso, prefiro os animais e as pessoas Cristãs ou que seguem alguma filosofia de vida!(lógico que nem todos)

Um comentário:

Chris Coelho disse...

So mesmo vc!!! Te acalma, te acalma que o pior ja passou !!!!! Gosto do que diz e do que faz... Ser natural nao è para qualquer um... valeu!!!!

NeoCounter