quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

O vento


Soprou o vento da mudança outra vez.
Vamos desatando as amarras,
cuidadosamente,
abrimos as velas
e esperamos o movimento.
Só Deus sabe o que virá depois,
para onde iremos.
Mas se temos o vento,
dele aproveitamos.

Um comentário:

lilian_mbo disse...

Ameeei!!!
A foto, o texto... Simples e profundo... Ui!!!
Beijo!

NeoCounter