domingo, 1 de fevereiro de 2009


Bom, estou aqui, no altinho dos meus quarenta,descobrindo o porquê do clichê.
Ter 40 é como subir no banquinho da cozinha da mãe para espiar as gavetas...Só que vc nem tem medo de que o banquinho vire, entende?Descobre que o prazer está nas coisas mais estranhas e insignificantes...troca noites de sexo selvagen por outras coisas, sem perder nada com isso, sente um prazer imenso de encostar barrigas, pernas e outras partes que nunca percebeu antes como fonte pura de prazer.
E a liberade?Tá certo, isso vem do indivíduo, pois liberdade só existe dentro da cabeça,e a minha deve ter se tornado mais vazia com a idade, pois estou me sentinda cada vez mais desencanada e livre.
Tá certo que não tá valendo mais biquinho e pose de gostosinha, mas eu sempre fui mais de pegar na unha que fazer pose, então, tá valendo!
Essa é a vantagem de quem nunca foi bonita na vida, vc simplesmente não se incomoda com a impressão que vai causar nos outros,se vai estar bem na fita, cada ruga é só mais uma fase, não uma derrota.
Fico vendo e ouvindo as mulheres reclamando da velhice...
A frase que mais me impressionou na vida foi de uma senhora,que dizia o que queria,perguntava as coisas mais descabidas ás pessoas,enfim, agia com liberdade, dizendo:
Eu posso.Uso minha autoridade de sexagenária!
AHAHAHA, e ela tem razão!

Nenhum comentário:

NeoCounter